Chapecó é o principal centro urbano e polo econômico da região

Fundada em 1917, a cidade de Chapecó era habitada inicialmente por índios Kaingang. Hoje a cidade é conhecida como a capital do Oeste Catarinense e é considerada a capital da agroindústria e do turismo de negócio. Sua população cresce aceleradamente, assim como sua economia. A cidade é conhecida internacionalmente por ser grande exportadora de produtos alimentícios industrializados de natureza animal, ganhando assim lugar de destaque na economia catarinense. Chapecó é também considerada a Capital Latino-Americana de Produção de Aves e Centro Brasileiro de Pesquisas Agropecuárias.

Vista Noturna – Chapeco /SC

Nomeada a Capital Catarinense do Turismo de Negócios pela Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina), cerca de 180 mil turistas visitam a cidade todo ano. Com uma das maiores e melhores rede hoteleira do estado, gastronomia variada e com uma estrutura comparada a grandes centros, Chapecó conta também com excelente infraestrutura de turismo e lazer. Graças à Chapecoense, time local da cidade, o futebol tem se tornado um atrativo a mais para a capital do Oeste Catarinense. A cidade também é conhecida pelos grandes eventos que sedia, como os Simpósios da Avicultura, Suinocultura e Bovinocultura, além da Mercoagro que é a maior Expofeira do setor de carnes e derivados da América do Sul.

Branca Rubas, presidente do Chapecó Convention & Visitors Bureau , diz que “Chapecó é a cidade indutora do turismo regional devido ao aeroporto que recebe turistas para os eventos. A cidade está em conexão com toda a região que vem se desenvolvendo cada vez mais no turismo por ser uma região rica em águas termais, em turismo de experiência e turismo rural, assim, trabalhamos cada vez mais junto com a região, e é esse conjunto que faz a nossa região ser tão rica em variedades de opções de turismo’’. conclui.

Arena Condá

Inaugurada em 1º de fevereiro de 2009 e de propriedade da municipalidade, a Arena Condá é a sede da Associação Chapecoense de Futebol. A partida inaugural ocorreu no Campeonato Catarinense de 2009, contra o Brusque e com vitória do verdão. Nenén foi responsável pelo primeiro gol da Arena. A capacidade do estádio é de 20.089 pessoas.

O Desbravador

Com 14m de altura e 5,70m de largura, o Desbravador foi feito pelo artista plástico Paulo de Siqueira, para homenagear os colonizadores que construíram e desbravaram a cidade de Chapecó. A atração fica localizada no centro da cidade e foi inaugurado em agosto de 1981. A estátua representa a figura de um gaúcho que tem na mão esquerda um louro, simbolizando a vitória, e na mão direita segura um machado, simbolizando o trabalho.

Museu de História e Arte

O museu Agrupa acervo arqueológico e etnológico das tribos Kaingang e Guarani, bem como registros fotográficos de momentos históricos da cidade de Chapecó. Ambos estão sediados no prédio da Prefeitura, construído em 1940 e tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. O museu tem como intuito preservar a memória da história e da arte de Chapecó.

Goio-en

Localizado às margens do Rio Uruguai em Chapecó, o Goio-en oferece diversos espaços amplos e seguros, que buscam oferecer momentos de descanso e de lazer aos turistas, como a prática de esportes radicais, ( jet ski e tirolesa). A paisagem com montanhas dos vales que cercam as curvas da serra são encantadoras, além dos barcos para passeios, restaurantes/bares e mirantes cativantes. O Goio-en contempla também a trilha do pitoco, um paraíso localizado às margens do Rio Uruguai. Durante o passeio é possível apreciar as várias espécies da fauna e flora, além de curtir os sons da mata como o canto dos pássaros e o barulho das águas. Os destaques são as cinco cachoeiras: Memorial do Pitoco, a Pedra de Diamante, o Buraco e a Pedra do Ministério, a Gruta de Maria Santíssima e a Toca da Onça.

🔥78