Terra de cânions, montanhas e cascatas, onde os campos de altitude beijam as nuvens em dias de cerração (neblina espessa que se forma quase todos os dias devidos a efeitos climáticos causados pela altitude). Município que abriga quilômetros de cânions formando a maior cordilheira verde das Américas. Ainda, o município possui o cânion Monte Negro, ponto mais alto e frio do Estado do Rio Grande do Sul. Os cânions proporcionam visual inigualável, permitindo momento de contato com a natureza protegida e encantadora.

Cânion Monte Negro – Ponto mais alto e frio do RS – Possui 1403 metros de altitude.

Muitos visitantes apenas contemplam em silêncio, outros gritam para ouvir a força do eco que volta daquele enorme “perau” como dizem as pessoas locais, alguns visitantes aproveitam e meditam, porque o cenário é realmente incrível. Seja à pé, de bicicleta ou à cavalo, nossos visitantes podem chegar até a borda de algum dos seguintes cânions: Monte Negro, Boa Vista, Amola Faca / Encerra, Realengo, Tabuleiro, Rocinha, Cruzinha e das Tigras.

A visitação é recomendada sempre na parte da manhã já que a diferença de temperatura da parte de baixo dos cânions forma a cerração que sobe e impede que se possa ver a grandeza da beleza que os cânions apresentam.

Desnível de Rios – Falha geológica única nas Américas quando dois rios quase se encontram.

A riqueza dos cânions de São José dos Ausentes faz parte do projeto Trilha das Araucárias que liga o Oiapoque ao Chuí, a trilha sobe de Canela, São Francisco de Paula, passa por Cambará do Sul e segue pra São José dos Ausentes indo para São Joaquim, dentro do grande projeto do ICMbio do Sistema brasileiro de Trilhas.

Em São José dos Ausentes também há diversas cachoeiras e uma das mais visitadas é o Cachoeirão dos Rodrigues que foi cenário de novelas e filmes, além de outras utilizadas na prática de esportes como o canionismo e rapel.

 

🔥71