O mundo está mudando seus hábitos por causa da pandemia. Ela não tem data para acabar e precisamos aprender com segurança como retomar gradativamente o nosso dia a dia. Foi assim com outros setores da economia como o comércio, indústria e não é diferente com o turismo. Oceanic Aquarium, em Balneário Camboriú, SC, investe em medidas de biossegurança.

Oceanic Aquarium – Balneário Camboriú, SC

De cabine de ozônio a renovadores de ar, cerca de vinte medidas de biossegurança foram implementadas no aquário.

“Os procedimentos que nós adotamos são superiores as normas de prevenção exigidas pelos órgãos, justamente para dar segurança aos visitantes”, destaca o sócio-diretor, Cristiano Buerger Filho. “Vamos ter que nos adaptar ao ‘novo normal’ e precisamos oferecer as pessoas lazer, educação e cultura aqui dentro do nosso estado. É muito importante nesse período, principalmente para saúde emocional. Oferecemos uma visita com segurança e responsabilidade a exemplo de muitos aquários pelo mundo”.

Antes mesmo de entrar no Oceanic, colaboradores e visitantes vão fazer aferição de temperatura e passar por uma cabine de desinfecção com Ozônio. O sistema pulveriza o ozônio umedecido para atingir a parte superficial do corpo, como: roupas, acessórios e calçados. O túnel tem aproximadamente 3 metros e é preciso que a passagem dure dez segundos, para garantir a eficácia da aplicação. Tem tapete para desinfetar os sapatos em seguida. Foram instalados cinco renovadores de ar importados que funcionam 24h. Outras medidas exigem uso de máscara, espaçamento de 2 metros de distância na fila de acesso e dezenas de dispensers de álcool em gel.

Durante a pandemia o Oceanic lançou um canal no Youtube onde mostra curiosidades e hábitos dos animais. Hoje o aquário está com aproximadamente 120 espécies e mais de 2000 animais, entre eles: pingüins, tubarões, cavalos marinhos, arraias, moréias, salamandras, jacarés, lontras, sucuri e diversas espécies de peixes, inclusive de outros continentes, como africanos e asiáticos.

🔥191